sexta-feira, 28 de junho de 2013

Labirinto caça forídeos


Doce mensagem

Quando eu ainda era bem criança, fui ajudar meu Pai "furar", uma "abeiera", ele disse que era um guaraípo. Com algumas varas cortadas ali perto, construímos um andaime, abrimos uma janela no tronco daquela velha caneleira, extraímos o enxame e o colocamos em uma caixinha. Alguns dias depois, voltamos para buscar as abelhas. A caixa estava cheia, mas de larvas de forídeos. O velho disse: o enxame morreu e virou uma bicheira.

Nós não sabíamos nada sobre essa praga, que até hoje, 60 e alguns anos depois, continua me incomodando. A única maneira de combater esses pequenos mas danosos intrusos tem sido as armadilhas com vinagre, colocada no entorno e dentro dos caixotes, mas não esta dando muito certo, parece-me que atrai as mosquinhas para dentro do ninho e elas evitam as armadilhas, colocam seus ovos nos potes de alimentos, favos de cria e escutelo. Nascem as larvas, se desenvolvem rapidamente, e em 48 horas detonam o ninho todo.

Os obstáculos nos ajudam a encontrar as soluções que eliminam ou amenizam os nossos problemas. Construí um "LABIRINTO CAÇA FORÍDEOS" bastante eficaz e fácil de fazer. Com alguns pedacinhos de ripa, outros de Eucatex, pregos, parafusos, tubinhos de filmes, canudinhos de sugar refrigerante e vinagre de maça (foto). Adaptando esse dispositivo no portal de ingresso, ele engana as mosquinhas, que antes do acesso ao túnel de entrada, são atraídas pelo odor do vinagre e entram no recipiente, não conseguem voltar e morrem afogadas.

Especificações:

Dispositivo para ser adaptado a uma caixa padrão, modelo INPA.

Dimensões da caixinha: 24x10x06 centímetros.

01. entrada.

02. falsa entrada.

03. espaços com recipientes para vinagre 06x04 centímetros.

04. entrada para o ninho.

05. corredor que liga o orifício de entrada (01) a abertura (04) que da acesso ao ninho 19x06x01 centímetro.

06. espaço vazio 03x09 centímetro.

07. Espessura da madeira: 01 centímetro.

08. parafuso para fixar na colmeia, o outro fica atrás de um dos recipientes para o vinagre. 

Um comentário:

  1. Olá!

    Gostaria que fosse dado o crédito para o inventor do dispositivo - João de Paula.

    ResponderExcluir